Ensinamentos

Passei por uma experiência interessante hoje em muitos níveis. A última, espero, foi ter digitado todo o texto e aí mudar de aplicativo antes de publicar o texto apagou por completo. Quem sabe bem assim uma versão melhor…

Hoje foi lua cheia. Foi muito interessante notar como a maré subiu algumas horas antes, tomando praticamente toda a faixa de areia, sendo que logo cedinho o mar estava loooonge.

A lua cheia não trouxe somente a elevação do mar, trouxe também um movimento excepcional dos animais no entorno e algumas questões energéticas, que só foram vistas por causa dos animais, coisa que alguns dirão: imagina, coincidência! Já eu digo:sincronias!

Tivemos a presença de uma taturana preta no teto, uma mutuca que era colocada para fora pela porta dos fundos e dava a volta e entrava pela porta da frente (cena q se repetiu umas 5 vezes), formigas entrando na casa, uma mariposa gigante que cravou estadia na porta de entrada, um outro inseto grande que foi retirado do quarto, um lagarto grande passando pela entrada e para coroar esse festival que já estava chamando a atenção, um tapete preto de formigas no fundo da casa.

Quando vi a quantidade de formigas me senti num daqueles filmes de terror. Perdi a compostura, não consegui falar com elas e sem respeito algum joguei água para que saíssem da porta e afastassem um pouco para o jardim. Nessas alturas já tinha percebido que havia algo estranho energeticamente, mas estava desconsolada pensando em como me livrar de tantos bichos e o que fazer com as formigas.

Nesse momento totalmente sem esperança fui conversar com minha amiga árvore (post anterior) que declarou ter uma força energéticas diferente/estranha e que eu deveria lembrar que os animais aparecem com certas vibrações/frequências e que eu deveria parar de lutar com eles. Eu sabia que os animais podem aparecer ou ser atraídos, se manifestar com certas vibrações, mas acabava querendo me livrar num sentindo de excluir aquela experiência e aquele animal. Então a árvore continuou, disse que eu deveria agradecer a presença do animal e dizer que, se ele pudesse (essa parte é muito importante!!!), que ele levasse aquela vibração embora. Fiz isso, seguido de uma pequena visualização da chama violeta e do uso de junípero para limpar a vibração. Não deu 5 minutos, não havia uma única formiga e nenhuma invasão de bicho ocorreu mais. A mariposa continua lá na porta, só mudou a posição, algo ainda a entender.

Algumas pessoas simplesmente vão dizer “coincidência” “as formigas passam rápido em sua migração” “no mato é assim mesmo”…

Duas abelhas sem ferrão, após isso tudo, entraram em casa rodearam tudo mudando a vibração e trazendo uma energia nova. Ao finalizarem pousaram na minha mão e após na porta de saída antes de irem embora.

Há quem vá dizer que isso tudo é imaginação. Outros irão dizer que são “só” processos da natureza. Outros ainda dirão que foi a lua cheia. Eu acredito que tudo está conectado e essa é a arte de observar todos os sinais e se abrir para as lições.

A amorosidade da árvore e o não julgamento a ensinar transformar a resistência em resiliência e aceitação permitindo que o fluxo de complete foi uma importante lição que está me fazendo refletir onde o fluxo está travado na resistência e como posso transformar em aceitação e resiliência.

Independente do que vc pense da história, busque os sinais e sincronias na sua vida e também veja onde a energia está se perdendo em resistência e como transformar essa situação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s